quinta-feira, outubro 26, 2006

Silencio


O silêncio é doçura:
Quando não respondes às ofensas,
Quando não reclamas os teus direitos,
Quando deixas à Deus a defesa da tua honra.




O silêncio é misericórdia:
Quando te calas diante das faltas de teus irmãos,
Quando perdoas sem remoer o passado,
Quando não condenas, mas intercedes em segredo.

O silêncio é paciência:
Quando sofres sem te lamentares,
Quando não procuras consolação junto aos homens,
Quando não intervéns, esperando que a semente germine lentamente.

O silêncio é humildade:
Quando te apagas para deixar aparecer teu irmão,
Quando, na discrição, revelas dons de Deus,
Quando suportas que tuas ações sejam mal interpretadas,
Quando deixas os outros a glória da obra inacabada.

O silêncio é fé:
Quando te apagas, sabendo que é Ele quem age...
Quando renuncias às vozes do mundo para permanecer na Sua presença...
Quando te basta que só Ele te compreenda.

3 comentários:

jania disse...

lindo poema, e essa cachorra é uma fofura...
seu blog esta sempre lindo.......
beijos
jania

CellyOneill disse...

Ai que fofos esses anjinhos Rô !
Amei !!
Lindo poema !
Beijão !!

Cristiane Zacardi disse...

Oi Rô! Achei isso tão lindo que "roubei" pra por no meu Blog rsss... Vai lá ver depois, tá?! Bjus!!!